PB - Vigilante atira em supervisor dentro de prédio da JF

Um vigilante baleou um supervisor da própria empresa onde trabalha, na noite do último sábado (20), dentro do prédio da Justiça Federal, no bairro Pedro Gondim, em João Pessoa. Os dois teriam discutido por causa de um colete a prova de balas. Durante fiscalização, o supervisou teria avisado o vigilante sem o equipamento de proteção e exigido que o colocasse.


 Durante a discussão, houve um disparo e o supervisor, de 49 anos, foi atingido na coxa. Ele foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, na Capital paraibana.

O vigilante fugiu e está sendo procurado pela polícia que trabalha com a hipótese de já haver alguma rixa entre os dois. Com informações do site: Mais PB

Veja mais notícias com tag Vigilante


11 comentários:

  1. Já trabalhei nesta área e muitas vezes os vigilantes brincam com a sorte

    ResponderExcluir
  2. Nada justifica, rixa ou não, o Vigilante tem que trabalhar com todos equipamentos de segurança, pra mim esse QRA é um demente e tem que ser preso, esses lixo que estraga a categoria.

    ResponderExcluir
  3. Depois tem vigilante que fala que o SPV é chato e está com perseguição... Sendo que é obrigação do vigilante usar os EPI's.

    ResponderExcluir
  4. Falta preparo para o supervisor, em uma situação dessas não se discute, apenas dá a ordem não cumpriu tras outro profissional e efua a troca do profissional, simples.

    ResponderExcluir
  5. O vigilante dev ser QBU pois não mantem a propria segurança com seus equipamentos,como vai manter a segurança do patrimônio ou usuários,ufffff

    ResponderExcluir
  6. E pior disso tudo é que os vigilantes que prestam serviços para Justiça Federal usam armas dentro dos prédios e os agente de segurança judiciarios nem porte de arma tem mas tem que fazer segurança dos juízes e do prédio e ainda da ordem nos vigilantes que estão com armas na cintura.edse judiciario feferal é ima piada tem tanto ahente de segurança e ainda precisa de vigilante e fe trquisitar funcionarios de outros órgãos para atuar na area da segurança sao pms bombeiros e funcipnarios de varias prefeituras

    ResponderExcluir
  7. Por que será que tem tantos vigilantes e tantos pms e bombeiros na justiça Federal tudo requisitado yem coisa ai tem que fazer a cpi do judiciario Federal para desvendar esde mistério ai eu pergunto então para que tanto agente de segurança judiciario ganhado gratificação de periculosidade se nem porte de arma tem quem pode explicar isso. Uma grande piada de quem sera estas firmas de vigilantes e quem sao esdr pms e bombeiros com essas grandes gratificações CPI NELES TEM GENTE COMENDO

    ResponderExcluir
  8. Dependendo ou ñ da maneira que o supervisor falou com o vigilante , a obrigação do vigilante é atender e obedecer a ordem , pois o nome ja fala tudo, supervisor,quer dizer é um cargo mais alto

    ResponderExcluir
  9. Primeiramente tem que apurar o fato que havia uma rixa entre os 2 e não adianta só culpar o vigilante ninguém sabe se o cara já havia sendo maltratado pelo supervisor,sendo assim armou uma ocasião pra pode descontar. Mais na minha opiniao os 2 foram totalmente desclassificado.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Boas respostas, fico aqui pensando o fato de que os dois tivesse uma rixa daria direto perante as leias brasileiras para ele efetuar um disparo contra o supervisor? Leiam a portaria do dpf e revise o art. 22 do código penal

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.